Posts

A mulher pode ter retenção urinária?

Ao contrário da incontinência urinária, a retenção urinária na mulher é bem menos frequente, mas determina importante impacto na saúde. Além de predispor às infecções urinárias, a retenção urinária pode danificar a bexiga e, em situações extremas, comprometer o bom funcionamento dos rins. As causas podem relacionar-se com alterações do canal da urina (uretra) e mal funcionamento funcionamento da bexiga e/ou dos músculos do períneo feminino, e o tratamento muitas vezes envolve um conjunto de ações, que podem incluir o emprego de medicamentos, tratamentos fisioterapêuticos, cirurgias na uretra e implante de neuromoduladores.

COVID 19, sintomas urinários e sexuais

Nesse podcast, promovido pela Sociedade Brasileira de Urologia, discutimos com o Prof. Rogério de Fraga e com o Dr. Márcio de Carvalho os possíveis sintomas urinários e as implicações da infecção pelo COVID 19.

Clique aqui para ouvir o podcast!

Expert Opinion: slings e incontinência urinária

O tratamento da incontinência urinária com slings confeccionados com telas sintéticas é motivo atual de debate na Urologia. Relatamos nossa opinião a esse respeito num editorial na última edição do International Brazilian Journal of Urology.

Vocês podem acessar o artigo em http://dx.doi.org/10.1002/nau.24335

Tendência: aplicativos para controle da incontinência

Momentos desafiadores exigem novas formas de pensar e interagir em favor das nossas pacientes.
Nesse sentido, nosso grupo na Unicamp acaba de publicar na revista Neurourology and Urodynamics uma interessante revisão sobre o uso dos aplicativos para celulares no tratamento da incontinência urinária.

Vocês podem acessar o resumo do artigo em:
http://dx.doi.org/10.1002/nau.24335.